“Enquanto ouvirmos as bombas, é sinal que estamos vivos”.

“Luís Miguel Loureiro é jornalista há mais de duas décadas. Durante os seus anos a trabalhar no chamado “quarto poder”, Luís M. Loureiro já conviveu com situações difíceis e desagradáveis.
A adrenalina e o perigo de um cenário de guerra fascinam vários amantes da profissão. Luís M. Loureiro contou ao JPN como é viver num cenário em que “a luta pela sobrevivência é uma prioridade”.”

Entrevista a Luís Miguel Loureiro, por Mariana Catarino. Para ouvir no JPN.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: